16 Julho 2019
CENTRO DE INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE
CIEVS

ALERTA DE RISCO DE TRANSMISSÃO DE DENGUE, CHIKUNGUNYA E ZIKA

O Levantamento de Índice Rápido (LIRAa) do vetor Aedes aegypti realizado em fevereiro de 2018 resultou num Índice de Infestação Predial (IIP) médio do município de 8,5, com variações de 2,3 a 19,4. Na pesquisa, 11,5% dos estratos estão em situação de altíssimo risco (≥ 16,0), 34,5% em alto risco (≥8,0 – 15,9), 50% em risco (4,0 – 7,9) e 4% em alerta (1,0- 3,99). Comparando tal resultado com o obtido no mesmo período em 2017 (janeiro) observamos um aumento de 29% no IIP geral do Município, mantendo-o em situação de alto risco de transmissão de Dengue, Febre do Chikungunya e Doença do Zika vírus. Para que as unidades de saúde e a população estejam cientes da situação de infestação pelo mosquito da dengue em suas áreas de abrangência e bairros, encaminhamos o presente alerta, destacando os bairros mais problemáticos, ou seja, que possuem a infestação mais alta dentre os demais bairros que compõem os estratos pesquisados no LIRAa veja aqui o relatorio completo. 

Sobre Vigilância em Saúde

Garantir a saúde por meio da vigilância e monitoramento de impactos, visando melhorar qualidade de vida à população cuiabana.